27 de março de 2011

Plantas medicinais salvia

SALVA (Salvia officinalis, L.).
Famüia das Labiadas. Devem ser consideradas como medicinais duas espécies de salva: a oficinal e a salva sclarea, L. Existe ainda a salvia pratensis, L. A salva oficinal é chamada também de chá-da-grécia. Como todas as plantas dessa espécie, ela pertence à grande família das Labiadas. Possui haste quadrada, com 4 aquênios (fruto indeiscente, seco, unilocular, monospermo, e que resulta de um só carpelo ou de muitos, mas soldados pelas bordas e dos quais só um fértil). As suas folhas são opostas e têm odor aromático. Dá flores irregulares, com dois lábios mais ou menos acentuados, segundo os gêneros e as espécies. As flores são de cor violeta e as folhas denteadas. Mas também existem flores de cor branca ou rosadas. O seu uso na Culinária e em Medicina fez com que seja cultivada na maioria dos jardins domésticos. É plantada geralmente em terreno exposto na direção do Sul, adap-tando-se bem às terras secas, leves e pouco calcárias. Usa-se toda a planta, mas sobretudo as sumidades floridas e as folhas. O momento favorável para colhê-la é quando as hastes começam a florir. O seu nome de salva deriva de salvar, curar. Ela atenua a transpiração e é estimulante, sendo útil também nos casos de astenia nervosa. Sob a forma de infusão recomenda-se usar 5 folhas por litro de água fervente, com a seguinte receita: folhas de salva, folhas de teutrica, 5g de cada; água fervente, 50g. Sob a forma de vinho, é a seguinte a receita: folhas de salva, 80g; vinho de Samos, l.OOOg. Deixar macerar durante oito dias e tomar de 1 a 3 colheradas de sopa do licor após as refeições. Usa-se ainda a salva para regularizar as regras ou como supositórios: extrato hidroalcoólico de salva, 0,25g; manteiga de cacau, 5g, isto para supositório. Ou ainda, segundo sempre o livro de receitas de Garnier: extrato fluido de salva, 2g; extrato fluido de solano (erva moura), 0,10g; manteiga de cacau, 5g. Ou também; extrato fluido de salva, 0,50g; ungüento popúleo, lg; manteiga de cacau, 3g, cera branca, Q.S.P. Como supositório, 2 a 4 vezes por dia. Pode-se preparar um vinho, com lOOg de cada ingrediente a saber: folhas de salva, sumidades floridas de asneirinha, e vinho branco.