24 de maio de 2011

Sobre ervas medicinais

Refleti demoradamente antes de iniciar estes primeiros compassos de minha obra, e agora, chegado o momento ou esta hora da verdade, como alguns gostam de definir as circunstâncias cruciais, continuo a desconhecer completamente as razões e os motivos que me levaram a dar vida e luz a este compêndio.
E provável que se me apresentem inúmeras razões válidas e que, exatamente por isso, não consiga escolher aquela que melhor possa definir para o leitor, ou como queira chamar-se. Deixemos que a indefinição sirva para que os leitores deste site avaliem por si mesmos o como e o porquê, a utilidade ou necessidade, o interesse ou a indiferença e, sobretudo, o aproveitamento particular de cada um no que diz respeito a este volume, no intuito de descobrir  e me perdoem a falta de humildade as facetas que, embora conhecidas, ficam no esquecimento por razões tão confusas e desconhecidas como as minhas, na hora de explicar por que me decidi a usar a caneta sobre estas páginas.

3 de fevereiro de 2011

Olmos

Os livros de receitas vegetais recentes apenas citam o olmo. Entertanto há diversos autores que o recomendam como diurético, sudorífero e depurativo. O óleo da planta, com a fórmula seguinte, é indicado contra o eczema: 30g de casca triturada em lOOg de óleo de amêndoa doce. Colocar em banho–maria e deixar ferver durante uma hora ou duas; deixar ainda algumas horas a esfriar. A seiva do ulmeiro contém carbonato de cal e acetato de potassa. Diz-se que o fruto do ulmeiro serve como substituto do lúpulo ou lúparo na fabricação da cerveja, devido à sua propriedade amarga e aromática.

Filed under: Arvore ornamental,Olmo — admin @ 22:46 Tags:

27 de novembro de 2010

Planta imbiri

IMBIRI:
(Canna angustifolia, Comia glauca). Família das Marantáceas. O Imbiri é uma planta ornamental. Cresce nos lugares úmidos. Possui haste ereta, cilíndrica, atingindo mais ou menos 2m de altura. O seu rizoma é longo e dotado de muitas radículas. Tem folhas alternas, invaginantes, lanceoladas, de 50cm por 13cm. As suas folhas são amarelas e a corola é dotada de perianto duplo. Dão-lhe os nomes também de albará, erva-dos-feridos e, na Ilha de Marajó, chamam-lhe coquilho. O seu emprego medicinal é o seguinte: o rizoma tem ação diu-rética; as folhas frescas, socadas, aplicadas em emplastros sob feridas e úlceras, queimaduras e regiões vesicadas, produzem efeitos benéficos. O suco da planta é igualmente útil em uso externo nas otites.

Filed under: Imbiri,Plantas medicinais — admin @ 4:20 Tags:,

7 de julho de 2009

Plantas que curam

Plantas que curam

Bardana
Quando maduras elas formam bolas que se apegam à roupa. O frutos se assemelham aos da agrimônia, mas muito maiores. A reputação da bardana como planta medicinal é muito antiga.

Filed under: Bardana,Plantas medicinais — admin @ 0:38 Tags:, , ,