26 de junho de 2010

Planta Medicinais coajerucu

Planta Medicinais coajerucu.
A indústria farmacêutica francesa, depois dessas experiências, lançou no mercado o alcoolato, as pílulas e as pérolas de “etherolè de coajerucu”, que na época foram muito consumidas. Em outros tempos, compravam-se suas sementes nas farmácias, onde eram vendidas a granel principalmente como condimento nos Estados do Norte, onde eram conhecidas por “pimenta-de-gentio”, “pimenta-do-mato”, “pimen-ta-de macaco”, etc, substituindo mesmo a “pimenta-do-reino” (Piper nigra L.), graças ao óleo volátil acre e perfumado que elas encerram e que as torna mais suaves e mais agradáveis ao paladar que a pimenta asiática. Essa espécie tem muita vitalidade, sendo que, enterrando-se como moirões pedaços ainda verdes, logo brotam e formam belíssimas cercas vivas. É conhecida também como coaguerec, pijerecu, pindaíba, jejerucu, ibira, pindaúva, pau-de-embira, e muitos outros nomes em todo o Brasil.

20 de maio de 2010

Cidrao

Cidrao

Cidrao.
Embora não seja muito ornamental é planta cultivada nos jardins de vários países do mundo. As folhas e as flores são agradavelmente perfumadas, com cheiro de limão, e são usadas como condimento como também para fins medicinais. São antispasmódicas, diges-tíveis e muito eficazes contra as doenças nervosas como melancolia, histeria, hipocondria e afecções do coração. São reputadas também emenagogas. Fornece material para a indústria tipo vime e as folhas são usadas para a indústria de perfumaria. As folhas são também revestidas de uns pêlos glandulosos que secretam uma essência contendo “citral” c “verbenona”. Essa essência é de grande valia para o comércio, justificando assim a intensificação de sua cultura no sul da França. Sua aclimatação na Itália é perfeita.