14 de setembro de 2010

Dictamus

DICTAMUS (Dictanus Albus).
Planta da família das Rutáceas, de folhas lanuginosas e flores purpurinas; cordial, vulnerária (própria para curar feridas) e emenagoga. Vegeta na Europa Austral e na Ásia Temperada.

8 de maio de 2010

Choupos

Choupos

Choupos.
No Brasil é pouco cultivada, exceto no Rio Grande do Sul, onde a cultivam e apreciam. Isso se deve talvez à proximidade da Argentina que a cultiva em grande escala, até mesmo para enfeites das ruas de Buenos Aires. É originária da Europa e de grande parte da Ásia. No Rio Grande do Sul chamam-na ála-mo. Existe uma praga que a consome e mata: chama-se Pem-phigus, sp., e uma ferrugem denominada Melampsora sp., que estendem sua ação às demais espécies. Na Argentina a praga chama-se Trametes Trogi Brk., praga terrível que causa a pip-tostelechia do Choupo branco, doença grave que vai curvando o tronco da árvore até o chão e assim acaba por matá-la.

10 de dezembro de 2009

Propriedades medicinais

Propriedades medicinais

Entretanto, é considerada útil contra a gota, a hidropisia e, em banhos, contra os tumores artríticos. Os aborígenes do Amazonas faziam grande uso desta planta e acreditavam que a causa de inúmeros envenenamentos davam-se pelo abuso de dose. Sua madeira, muito resistente ao contacto com o solo, é perfumada, forte, castanho-avermelhada, com estria mais claras e manchas escuras, dura, com fibras longas e retas, elástica. Sua resistencia é devido a urna resina que enche os vasos, impedindo a invasao dos insetos.

4 de novembro de 2009

Flores planta

Flores planta

Folhas verrucosas e saturadas de verde escuro na página superior e pálidas, mais ou menos brancacento escamosas, na página inferior; inflorescência densíssima em panícula ereta de 40-60cm albojocosa, brácteas vermelho vivo, espinescentes, flores sésseis, sépalas branco esverdeado, livres, eretas e pétalas brancas ou róseas, linear elípticas, ovário estreito, elipsóide, branco farinoso; o fruto é uma baga ovóide, verrucosa, amarela, amarelo limão perfumada, até 4cm de comprimento e 22mm de diâmetro.

17 de agosto de 2009

Carateristicas

Carateristicas

Densamente vilosa, depois glabra, brancacenta e depois amarelada, muito polimorfa, mas geralmente oblonga até 50cm de comprimento; sementes brancas, comprimidas, marginadas, até 2cm de diâmetro.

11 de agosto de 2009

Buxo

Buxo

BUXO
(Buxus sempervirens, L.). O buxo é uma árvore que se mantém sempre verde, e cuja madeira é muito dura. Pertence à família das Celastrináceas. Suas flores são verdes e as folhas lustrosas. Os católicos utilizam os galhos dessa planta nas procissões do Domingo de Ramos.

Filed under: Buxo,Plantas medicinais — admin @ 20:52 Tags:,

7 de agosto de 2009

Butua

Butua

BUTUA

(Chondodendron platyphyllum Miers.). A butua é uma planta trepadeira que pertence à família das Vitáceas.
A planta foi diversamente classificada. Saint-Hilaire descreveu-a como Cocculos cinaracens e Barbosa Rodrigues como Cissampelos vitis.

1 de agosto de 2009

Buranhem

buranhem

BURANHÊM
É uma árvore de até 25m de altura, caule reto e de pequeno diâmetro. Seu nome científico é Pradosia lactescens, Radlk. (Chrysophyltum buranhem, Riedel., C. glycypholeum, Casar., Lucuma glycypholea, M. e Euchl., Prometia lactescens, Vell., P. lutescens, Steud., Pradosia glycypholea, Liais, P. lutescens, Radlk.).

23 de julho de 2009

Usos planta

Usos planta

Os ramos da bétula servem para o fabrico de vassouras. Da casca se extrai resina que se utiliza em archotes. Os lapões e os suecos comem a sua segunda casca que é nutritiva e também serve para fabricar uma cerveja caseira bastante agradável ao paladar. A casca é ainda utilizada no fabrico de uma tintura amarela. Dela se extrai um óleo de que os russos se servem para curtir couros finos.

16 de julho de 2009

As plantas medicinais

As plantas medicinais

É empregada contra a epilepsia, a afonia, o tétano, a tosse, asma e coqueluche, sendo útil também na afonia, na disenteria, na nevralgia, convulsões, hidrofobia, treinais, eólica hepática, reumatismo, gripe, resfriado, hernia estrangulada, estreitamento da uretra, escarlatina, metriflegmasia, pneumonia, panarício, hematese, palpitações do coração, etc.