10 de agosto de 2010

Planta couve

COUVE (Brassica oleracea, L.).
Família das Crucífe-ras. Planta glabra, bienal, raramente vivaz, de 40 a 120cm de altura, algumas vezes até 2m e mais, caule ereto, robusto, cilíndrico, liso, ramoso, carnoso, não intumescido; folhas pecio-ladas, espessas, um pouco carnosas, insensivelmente decrescentes, as inferiores simplesmente sinuadas ou lirado-pinatífidas com segmentos pouco numerosos, as superiores oblongas ou obovadas, inciso-dentadas, semi-amplexicantes; não-auriculadas, glaucas e onduladas; flores grandes, brancas ou amareladas, dispostas em racimos frouxos, raramente em corimbos, fruto síliqua cilíndrica, mais ou menos comprida. É com estes característicos que ainda hoje se encontra em estado selvagem (B. sylvestris, DC.) por entre os rochedos calcários das costas da Inglaterra e da França, o tipo primitivo desta espécie tão notável que, segundo a autorizada opinião de Henry L. de Vilmorin, é um dos exemplos mais impressionantes da influência da seleção. As muitíssimas variedades de Couve obtidas e fixadas pelos horticultores, as quais diferem imensamente umas das outras, seja na forma, seja no porte ou no colorido das folhas, seja finalmente nas inflorescências ou na raiz, profundamente modificadas pela ação inteligente do homem, provêm exclusivamente desta espécie, inclusive todas as formas de repolho, que são muitíssimas também.

Filed under: Couve,Plantas medicinais — admin @ 23:43 Tags:, ,