4 de junho de 2010

Cinamomo propiedades

Cinamomo propiedades.
O caroço, que também dizem ser anti-helmíntico, é supersticiosamente usado por vários povos (África, Índia) à guisa de amuleto, como preventivo contra quaisquer epidemias ou moléstias contagiosas. Com ele confeccionam-se rosários de que fazem uso, indistintamente, católicos e maometanos, o que explica vários nomes vulgares da árvore. As sementes dão 37,73% de óleo fixo, amargo, amarelo-pálido ou esverdeado, de belo aspecto e muito fluido, o qual se solidifica a 18°C e pode servir paia a fabricação de vernizes e pastas para calçado (Fendler), mas o seu aproveitamento não é possível, sob o ponto de vista econômico, porque os caroços que as contêm são muito duros e difíceis de quebrar, além de que a quantidade de óleo, em relação ao peso total do fruto, representa apenas 6,95%.

31 de maio de 2010

Folhas Cinamomo

A casca exsuda em lágrimas alongadas uma goma amarelo-claro, luzidia, adesiva, quase totalmente solúvel em água sucedânea da goma-arábica. (Dyloch). As folhas, nas quais se verificou (assim como na casca e nas flores) a existência de ácido cianídrico, são adstringentes, amargas e fétidas, reputadas estomáquicas, febrífugas, emíticas, anti-histéricas, antidiarréicas, antilíticas, emenagogas, resolventes de tumores, úteis na cura das nevralgias, assim como na das eólicas do cavalos; sempre de uso perigoso, virtudes estas mais ou menos atribuídas à casca; consideram-se também insetífugas, bastando espalhá-las no chão para espantar as pulgas; colocados os ramos nas tulhas de milho, não somente preservam este grão do ataque do gorgulho (curculionídeo), como ainda enxotam o que já esteja nele; dispostos entre a roupa afugentam igualmente a traça; para idênticos fins reduzem-se as folhas a pó ou faz-se a sua decoeção para empregá-la em outras plantas como inseticidas e, também, sobre o couro cabeludo e a pele humanas para matar certos parasitas e, sobre a pele dos animais domésticos, para igual fim. Daqui deve ter partido a lembrança recente de propalar-se que o Cinarnomo, sob o nome inédito e supérfluo de jasmim-de-cachorro, tinha a particularidade, quando plantado junto dos formigueiros de saúva, de matar estas terríveis formigas mas infelizmente essa asseveração não está comprovada.

29 de maio de 2010

Cinamomo origem

Cinamomo origem.
Desde muitos anos que, com grande clarividência, vem sendo aconselhada a cultura intensiva do Cinarnomo para explorar-se industrialmente a madeira que ele fornece (Dr. Navarro de Andrade), a qual, posto não seja de primeira qualidade é, entretanto, reconhecida em vários países (Java, Tonkin, etc), que o cultivam em larga escala como excelente para construção civil e até para revestimento das galerias de minas. Em verdade, a madeira é amarelo-brancacenta ou rósea, às vezes avermelhada, com círculos anuais castanhos que lhe dão grandes e lindos reflexos; flexível, bastante resistente, grão fino, fácil de trabalhar e oferecendo boa superfície ao en-vernizamento, própria para obras internas ou expostas, marche-taria, marcenaria, carroçaria, caixotaria, maças, instrumentos musicais e caixas de ressonância, fósforos, cabos de ferramentos e de instrumentos agrícolas e lenha; peso específico de 0,716 a 0,755. Suporta bem a umidade e não sofre o ataque de quaisquer termitas. O tronco, quando perfurado, dá um liqüido fer-mentescível que os Hindus consideram estomáquico.

26 de maio de 2010

Arvore cinamomo

Arvore cinamomo

Arvore cinamomo.
Esta espécie, originária da índia e da Pérsia (parece que também da China) c há muito introduzida no Brasil é notável pela sua extraordinária facilidade dc adaptação e pela sua vigorosa expansão vegetativa, graças ao que se acha naturalizada c subes-pontãnea no nosso país, assim como em quase todos os países tropicais do globo, até mesmo no sul da Europa e em parte dos Estados Unidos. A produção de frutos é enorme, a sua germinação fácil cm quaisquer terrenos, mesmo pobres e secos, porém é muito sensível à umidade excessiva; além disso repro-duz-se facilmente por meio de vcrgôntcas, sendo que as árvores cortadas brotam novamente.