21 de janeiro de 2013

Beneficios da soja

Soja , o grão da vida.
A leguminosa que concentra elementos anticancerígenos e anticolesterol.

Anos atrás, uma pesquisa demonstrou que porcos alimentados com soja apresentaram descalcifica-ção óssea. Esse achado combinava com a teoria de que a soja continha uma proteína de valor incompleto, quando comparada às proteínas da carne. Inclusive o valor PER (Protein Efficiency Ratio – Grau de Crescimento da Proteína) é considerado como sendo de menos de 80% quando comparado à proteína de origem animal que é de 100%. O PER foi calculado em ratos alimentados com
proteínas e que tiveram o crescimento avaliado, depois de certo tempo. Por causa disso, a soja tem sido considerada como proteína incompleta. Mas a novidade é que isso é válido para ratos, porcos e outros animais, mas não para o ser humano.

Segundo o Dr. Messina, ex-diretor da Divisão de Prevenção e Controle do Câncer dos Estados Unidos, editor da revista Soy Connection (A Conexão da Soja), a proteína da soja é tão completa quanto a da carne, para o crescimento normal do ser humano. O aminoácido limitante, o qual era considerado em baixa quantidade na soja, a me-tionina, na verdade existe em adequadas condições para as necessidades humanas.

Doutor China.
Tudo indica que o homem foi criado por Deus com um regime vegetariano. De acordo com o Dr. Messina, a primeira dieta do ser humano foi à base de vegetais. A informação não é tão nova assim, pois em países como a China, a soja é considerada como elemento básico há centenas de anos.
Também vale aqui a consideração a respeito da mortalidade infantil na China. O Dr. Harry Willis Miller, médico missionário adventista na China, antes da revolução comunista, avaliou o problema de excesso de mortes infantis no país, concluindo que a principal causa de morte era a desnutrição. O médico também observou que a soja era um grão muito bem cultivado na China. Assim o “doutor China”, como ficou conhecido depois, inventou o leite de soja e a chamada “vaca mecânica” (aparelho para produzir o leite de soja) salvando a vida de milhares de crianças.
Mas não é só como proteína completa que a soja vem sendo destacada. Na verdade, o grão de soja é um dos mais completos alimentos, possuidor de inúmeras qualidades curativas e preventivas.

A osteoporose é uma doença comum em mulheres depois da menopausa, responsável por ossos frágeis e alto risco de fraturas. Evidências modernas têm relacionado a doença, não somente à quantidade de cálcio ingeri da, mas também ao cálcio eliminado pela uri na. Sendo assim, a proteína de origem animal produz elevada eliminação de cál cio pela urina, ao passo que as proteí nas vegetais, principalmente as de soja, sofrem menor eliminação. Também a filtração dos rins é considerada mais eficiente e duradoura em indivíduos com alta ingestão de soja como proteína.

11 de novembro de 2012

Qual o beneficio da soja

Soja.
Quanto consumir:
2 xícaras de chá por dia Encontrada em vários alimentos como farinha, óleo, leite, coalhada, concentrado de proteínas (carne de soja) ou tofu (queijo de soja), a soja contém mais proteínas e ferro que a carne de vaca, mais cálcio que o leite de vaca e mais lecitina que os ovos. Além disso, também é uma boa fonte de vitaminas do complexo B, potássio, zinco e outros minerais. Portanto, a soja não é considerada somente um alimento de alta qualidade protéíca, mas um alimento que pode prevenir doenças cardiovasculares, câncer, osteoporose. Recentemente descobriu-se que a soja alivia os sintomas da menopau-sa, já que um dos seus componentes, a isoflavona, é um potente fitoestrógeno.