30 de junho de 2009

A bananeira

A bananeira

A bananeira produz grande quantidade de frutos saborosos e feculentos e que, apesar da falta de proteína, são entretanto ricos em outras matérias nutritivas de grande valor, conforme as suas variedades, tanto como comestíveis crus, fritos, secos, assados ou passados, em geléias, compotas, pasta (a famosa bananada) ou mesmo reduzido a farinha, (bananose), mingaus e bolos; são sempre saudável e por isso mesmo usados sempre na alimentação infantil, para adultos enfermos ou não.

29 de junho de 2009

Bananeira

Bananeira

Outra subespécie também comestível crua é a Sapientum Schum, de pseudocaule até 6m de altura, flores numerosas com bráceas rosas decíduas e fruto oblongo, geralmente subtrígono, às vezes cilíndrico, sempre carnoso, ligeiramente ou pouco recurvado, às vezes reto, amarelo ou avermelhado, de 8 a 20cm de comprimento.

27 de junho de 2009

Folha bananeira

Folha bananeira

Seu pseudocaule, verde-violáceo, mais ou menos cilíndrico formado pelas bainhas dos pecíolos superpostas, até 7-8m de altura e 25 a 30cm de diâmetro, suas folhas 8,10 divergentes, longo pecioladas, lanceolado-oblongas, verdes, com limbo até 250cm de comprimento e 80cm de largura; seu fruto cilíndrico anguloso, muito recurvado, amarelado ou verde-amarelado, de 16 a 30cm de comprimento, contendo polpa branco-amarelada, ligeiramente adstringente, comestível só após seu cosimento.