24 de agosto de 2010

Fruto da cuieira

Cuieira.
É conhecida também como árvore-de-cuia, cabaceira, coité, cui-té, e Cuiteseira. Fornece madeira castanho-amarelada com veias mais escuras, densidade média, tecido compacto, grão grosso, muito flexível, porém dura e forte, fácil de trabalhar e recebendo bem o verniz. É própria para carpintaria, varais de carroça, marcenaria, carroçaria, selas é cabos de instrumentos. Essa madeira, em contato com a umidade apodrece rapidamente. É uma árvore baixa, muito frondoso e de caule tortuoso. Mede até 16m de altura. Na época de sua frutificação a quantidade de frutos é tão grande que os seus galhos vergam ao peso dos mesmos. Há uma lenda popular de que, amarrando-se pedras nas pontas dos galhos, a frutificação ainda é maior. Do fruto ainda se obtém matéria tintorial, que serve para tingir a seda e o algodão; suas dimensões são enormes e sua casca é muito dura, servindo para fazer vasilhas, utensílios de cosinha, instrumentos musicais e outros objetos de uso doméstico.