29 de julho de 2013

Café da manhã para emagrecer

Café da manhã para emagrecer

Ligando o motor.
Carboidrato é sinônimo de energia pura. Por isso, não há como deixar os alimentos energéticos de fora. Entre eles, você pode contar com uma infinidade de tipos de pães com maior teor de fibras, como os de centeio, integral, preto ou de aveia, cereais matinais, frutas ao natural ou sucos, bolos, muffins, bolachas, biscoitos, torradas com ge-léia ou mel, além do açúcar. Gordura é outra fonte de energia que não pode faltar em nenhuma refeição. No seu café da manhã ela se encontra no próprio leite e derivados, como iogurte e queijos, manteiga ou margarinas. Os minerais e vitaminas ficam por conta das frutas e dos legumes que entram nos sucos e dos cereais integrais. Proteínas? Leite, queijos, iogurte, coalhada e frios são boas fontes. Ou você ainda pode reunir todos os tipos de alimentos numa boa porção de granola (veja quadro Granola, a estrela matutina). As opções são infinitas. Por isso, use a criatividade como ingrediente básico e torne o café da manhã sua principal refeição do dia.

Cardápio magrinho.
Um desjejum reforçado não precisa, necessariamente, estourar sua cota diária de calorias. Para driblaro excesso é só fazer escolhas espertas. Veja só:
Use adoçante no chá ou café. Confira a diferença: uma xicrinha de café puro (50 ml) tem 2 calorias; com adoçante, 6, com açúcar, 26.
Se quiser, escolha sucos menos calóricos. Observe a quantidade de calorias em um copo de suco de: laranja, 113; acerola, 46; maçã, 99,6; caju, 52; abacaxi, 135; uva, 90; morango, 80; limonada com 1/2 limão, 18 calorias. Atenção: a cada colher de açúcar (5 g) adicionada ao suco, some mais 20 calorias.

Manteiga ou margarina engordam igual: ambas possuem 9 calorias por grama. Contudo, você pode contar com a versão light da margarina (chamada halvarina), que reduz o aporte calórico pela metade. Ou seja, 1 colher (chá) de margarina cre-mosa tem cerca de 75 kcal contra as 36 da light.
Você sabia que a geléia é menos calórica ainda do que as halvari-nas? Pois confira o que contém de calorias uma colher (de sobremesa) de geléia de: amora, 23,3; damasco, 26,3; goiaba, 30,7; maçã, 25,4 kcal. Agora compare as “normais” com as diet: 1 colher (sobremesa) de geléia de abacaxi tem 46 calorias. Na diet do mesmo sabor existem apenas 9; a “normal” de laranja tem 34 calorias, enquanto em sua versão magra não há mais do que 6 calorias.

Bolo também pode. Mas fique atenta a sua opção. Por exemplo: uma fatia (30 g) de bolo de chocolate com cobertura e recheio cremoso com 285 calorias corresponde a 1 fatia média (30 g) de mamão (88,4 kcal) + 1 iogurte desnatado (85 kcal) + 1 fatia fina (25 g) de queijo-de-minas light ( 38,2 kcal) + 1 fatia de pão de fôrma tradicional (74 kcal).
Atenção também na hora de escolher os embutidos. Uma fatia de mortadela (15 g), por exemplo, contém 50 kcal. A mesma quantidade de presunto de peru fatiado fica por volta das 15 kcal.
O mesmo acontece com os queijos. Quanto mais a massa for cozida (amarelada), mais calórica. Só para ilustrar: uma fatia de queijo prato com 30 g tem 105 kcal. Já o queijo-de-minas frescal com o mesmo peso possui apenas 60,8 kcal.

Com sabor de infância.
Por que não inovar de vez em quando e voltar aos tempos de criança saboreando um delicioso mingau? Mais energético, impossível. Feito à base de farinhas (amido) e leite, aromati-zado com especiarias e enriquecido com tudo o que sua imaginação sugerir, o mingau pode ser considerado uma refeição completa, pois nesse prato de preparo e digestão fáceis são convidados a participar:
Farinhas: amido de milho (mai-sena), araruta (extraída da raiz do mesmo nome), de trigo, arroz, aveia, centeio, semolina (a parte nobre do trigo), milho, fubá ou sagu (fécula de mandioca).
Açúcares e temperos: açúcar refinado ou mascavo, mel ou xarope de groselha, baunilha, cravo, canela.
Frutas frescas: maçã, mamão, banana, morango.
Frutas desidratadas: uva e ba-nana-passa, ameixa-preta, damasco, maçã e figo secos.

E pra beber? O que vai?
Nem só de café com leite ou suco de laranja é feito o seu café da manhã. Veja outras opções:
Que tal um iogurte, natural ou desnatado, batido com frutas frescas?
Acrescente ainda ao azedinho (ou à coalhada) cereais matinais, frutas picadas e uma colher (chá) da geléia de sua preferência.
Enriqueça seu copo de leite com cereais integrais: flocos de aveia ou de milho, centeio, malte cevado, gérmen ou farelo de trigo.
Vitaminas com leite e frutas também são uma ótima pedida. Você garante cálcio, mais vitaminas do complexo B e fibras.
Já experimentou sucos à base de frutas e legumes? Além de ricos em vários nutrientes, que seu organismo precisará para desempenhar inúmeras funções durante o dia, são deliciosos. Experimente a alquimia. Bata no liqüidificador, acrescente 1 copo de água gelada e tenha um bom-dia!

• 1 copo de suco de laranja + 1/2 cenoura.
• 1 copo de suco de laranja + 1/2 tomate + 1/2 cenoura.
• 1 copo de suco de laranja + 1/2 cenoura + 1/2 beterraba.
• 1 copo de suco de laranja + 1/2 maçã picada + 4 talos de agrião.
• 1 copo de água-de-coco + 1/2 copo de suco de laranja + 1/2 beterraba + 1 folha de couve + 1 colher (sobremesa) de gelatina sem sabor.
• 1 pêssego grande descascado + 1/2 copo de iogurte desnatado + 1/2 copo de água gelada.
• 1 fatia média de abacaxi + 3 folhas de hortelã + l/2copo de água gelada + 3 cubos de gelo.
• 2 goiabas vermelhas com casca + 1/3 de um melão pequeno.
• 1 folha de alface + 1 raminho de salsinha + 1/3 de cenoura + 1/3 de beterraba + 1 fatia de abacaxi.
• 1 folha de couve + 4 talos de agrião + 1/3 de cenoura + 1/3 de beterraba + 2 folhas de hortelã.

27 de julho de 2013

Comer de manhã emagrece

Comer de manhã emagrece

Pular o desjejum não serve como desculpa nem para quem está fazendo dieta. Num primeiro momento, até pode parecer uma economia extra, de aproximadamente 350 calorias, se for considerado o tradicional café matinal à brasileira 1 xícara de café com leite, mais um pão com manteiga. Seguindo esse raciocínio, no final de uma semana você terá deixado de ingerir 2.450 calorias, o que corresponde a menos 350 g no peso.

Entretanto, o que perdemos ao pular uma refeição é mais do que compensado na seguinte. Não só porque a pessoa come mais do que deveria na próxima, como também o organismo, que trabalha na base da economia, vai extrair o máximo que puder em termos de calorias, para prevenirse de outro eventual jejum prolongado. Numa pesquisa recente, o dr. James Hill, professor de Nutrição da Universidade do Colorado, nos EUA, descobriu que pessoas que têm o hábito de tomar o café da manhã assimilam menos carboidratos e gorduras durante o dia do que as que se contentam com apenas uma xícara de café. Além disso, afirma o pesquisador, o desjejum também diminui a necessidade de petiscar alimentos que contenham alto teor de gorduras e carboidratos (duas grandes fontes de energia) entre as refeições.

Outro especialista em obesidade, o dr. C. Wayne Callaway, da Universidade George Washington, em Washington, afirma que pular refeições não acelera a queima de gorduras. Ao contrário. Esse hábito faz o organismo reduzir a atividade metabólica, diminuindo assim a queima de calorias. Já a refeição matinal põe o metabolismo a funcionar a todo o vapor. O que, diga-se de passagem, vai requerer uma boa dose de calorias (cerca de 10%) só para fazer a digestão.
Mas, se, apesar de estar convencido da necessidade de alimentar-se de manhã, você não tem certeza de que conseguirá ingerir mais do que o costumeiro cafezinho, não precisa mudar de hábito de forma radical. Seu organismo, acostumado com um desjejum racionado, irá ressentir-se nos primeiros dias.

A melhor estratégia para quem não tem fome logo cedo é ir adicionando só líquidos no começo (leite, sucos de frutas ou iogurtes) e, aos poucos, acrescentar alimentos sólidos, como cereais e frutas, até que o café completo comece a fazer parte do dia-a-dia.

25 de julho de 2013

Café da manhã saudável

Café da manhã saudável

Se você mal tem tempo de engolir às pressas uma xicrinha de café, que faz as vezes de primeira refeição do dia, e depois sai “voando” para o trabalho, está na hora de reavaliar seu cotidiano. Depois de ler ‘ estas páginas, nunca mais você vai sair de estômago vazio de casa!!!

O hábito de “pular” o café da manhã, seja por falta de tempo, seja porque não agüenta comer a essa hora, é mais prejudicial a sua saúde do que você imagina. Depois de tantas horas em jejum, como pode querer que o corpo acorde e trabalhe sem combustível? Sem dúvida o cafezinho puro pode funcionar como um bom despertador, fazendo seu cérebro dar o start. Mas só ele não vai ser suficiente para abastecer o organismo de todas as calorias necessárias para ir à luta. E bom lembrar que a melhor hora para reequilibrar os estoques de vitaminas, minerais e água, gastos ao longo do dia anterior e durante o sono, é de manhã, pois seu corpo está pronto para aproveitar mais e melhor os nutrientes.

Depois de uma noite de sono, usando o estoque de calorias do jantar para manter os órgãos funcionando e garantir a temperatura na medida certa, seu organismo, sem carboidratos para queimar, terá de usar como fonte de energia a gordura presente no tecido adiposo e liberada na corrente sangüínea sob a forma de ácido graxo. Nesse processo de transformação, começam a aparecer os corpos cetônicos, substâncias tóxicas decorrentes da degradação da gordura e responsáveis pela sensação de mal-estar e, às vezes, pela dor de cabeça causadas pelo jejum prolongado.

E ou não um bom motivo para se alimentar direito logo cedo? Além de repor a energia, você vai começar o dia com mais disposição e conseguirá agüentar até o almoço sem cansaço ou queda das taxas de açúcar no sangue (hipoglicemia). Pessoas idosas, então, que têm mais dificuldades de lidar com as flutuações dos níveis sangüíneos de açúcar, depois de uma noite inteira sem alimentação, precisam mais do que ninguém de um bom café da manhã. Da mesma forma as crianças, principalmente as em idade escolar. Mandá-las ao colégio com apenas um suco ou um iogurte pode influir no seu rendimento. Pesquisas realizadas na Universidade Hebraica, em Israel, demonstraram que um bom desjejum, meia hora antes de ir para a escola, ajuda os baixinhos a ter melhor desempenho intelectual.

1 de junho de 2013

Para que serve óleo de copaíba

ÓLEO DE COPAÍBA É INDICADO PARA TRATAR INTESTINO PRESO?

Ainda não há estudos que comprovem sua eficácia”, responde o farmacologista João Ernesto de Carvalho, da Universidade Estadual de Campinas, a Unicamp, no interior paulista. “Mas os óleos, de modo geral, têm ação laxante.” Não convém, no entanto, consumir o de copaíba.já que não se conhecem os efeitos adversos. Há pelo menos sete espécies dessa planta no país. A que se origina na região amazônica tem propriedades antimicrobianas e cicatrizantes e auxiliaria no combate a tumores. “Nem por isso o óleo deve ser ingerido”, reforça Carvalho. “Essas atuações só foram observadas em pesquisas em tubos de ensaio.”

30 de maio de 2013

Rãs contra doenças tropicais

Phyllomedusa hypochondrialis, também conhecida como perereca-da-folhagem, e P. oreades, ainda sem denominação popular: uma secreção extraída da pele dessa dupla de anfíbios se transforma em uma promissora arma contra a malária e a leishmaniose. Dela, cientistas da Universidade de Brasília isolaram e sintetizaram uma nova família de peptídeos -que são pedaços de proteínas – testada contra os microorganismos responsáveis por aquelas doenças. “Em baixíssimas concentrações, o composto exterminou os parasitas rapidamente”, conta a bióloga Selma Kückelhaus, coordenadora do trabalho.

Filed under: Abc da saúde — admin @ 19:27 Tags:,

28 de maio de 2013

Analgésico de marimbondo

A ferroada da Polybia occidentalis, uma espécie de vespa comum em todo o país, provoca uma dor tremenda em quem tem a infelicidade de cruzar o caminho do inseto. Qual não foi a surpresa dos pesquisadores do Laboratório de Neurobioiogia e Peçonhas da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto, no interior do estado, quando encontraram no veneno do marimbondo-estrela. a outra alcunha do bicho, uma substância até três vezes mais eficaz do que a morfina para controlar a dor. “Nos testes com cobaias submetidas a altas temperaturas, os animais que haviam recebido injeções do veneno diretamente no cérebro suportaram o calor por muito mais tempo”, explica o bioquímico Wagner Ferreira do Santos, orientador do trabalho.

Filed under: Abc da saúde — admin @ 19:16 Tags:,

26 de maio de 2013

Intolerancia a lactose o que é

Entenda a intolerância a lactose.

Trata-se da dificuldade de digerir o açúcar presente no leite e em muitos dos seus derivados. O problema é genético e ocorre quando o organismo não produz uma enzima chamada lactase. Ela é a responsável por quebrar as moléculas da lactose durante a digestão, transformando-as em glicose e promovendo a sua absorção. Para os intolerantes, um simples copo de leite pode provocar muita diarréia, enjôo e gases.

24 de maio de 2013

Produtos de soja

Doce de soja.

Este lançamento da Olvebra lembra em tudo o doce de leite, só que é feito ã base da leguminosa. “Tanto o sabor quanto a aparência e a consistência são muito parecidos com os da guloseima tradicional”, garante Margarete Scherer, gerente de marketing do fabricante. O doce pode ser consumido sozinho ou como recheio e cobertura de bolos. E vem bem a calhar para os intolerantes à lactose que têm que se privar das delícias feitas com laticínios.

O QUE DIZ A ESPECIALISTA.
A nutricionista Vanderlí Marchiori, de São Paulo, adorou a novidade. “Muita gente não aceita o açúcar do leite”, diz. Mesmo quem não tem esse problema, pode experimentar – e gostar. “A soja é muito menos indigesta do que o leite. Além disso, diminui o risco de problemas cardiovasculares e até de alguns tipos de câncer,” completa.

Filed under: Abc da saúde — admin @ 20:50 Tags:,

22 de maio de 2013

Acabar com o stress

Chega de stress no trabalho.

No dia-a-dia, é comum enfrentar situações que levam a pessoa ao desgaste da mente e do corpo. Não há milagres para resolvê-las, mas se o organismo está bem nutrido o indivíduo reage bem.

Imagine a seguinte situação: mais uma semana começa e você tem diversos afazeres no trabalho. Acorda de manhã, com tempo limitado para chegar até seu escritório. Mas o trânsito está um inferno e a sua mesa, cheia de tarefas. Atrasado e com a cabeça focada em resolver suas questões, seu chefe o chama e diz que você tem outra missão para acumular. Nossa, que stress!
Situações como essa, com mais ou menos ingredientes, são comuns no dia-a-dia de quem trabalha. E como tirar esse stress de letra? Em primeiro lugar, nada de desespero. Basta respirar fundo, manter o foco e a calma. Isso é o que todo mundo diz, certo?

Mas o que poucos sabem é que, se você estiver bem nutrido, por exemplo, dos minerais cobre e ferro, seu sistema respiratório funcionará bem. Com doses adequadas das vitaminas BI e B6, seu sistema nervoso central e, conseqüentemente, os neurônios, estarão muito mais ativos. Com vitamina BI2, sua memória e concentração atuarão melhor. E com as vitaminas A, BI, B2, B12, C e E juntas, seu coração estará mais protegido. Inclusive de possíveis imprevistos no seu trabalho.

Além desses micronutrientes, outras vitaminas e minerais atuam em conjunto para promover melhor funcionamento do organismo e, por conseguinte, mais saúde. Eles podem ser encontrados na natureza por meio de uma alimentação balanceada. Mas, se na correria do dia-a-dia você não conseguir consumir o recomendado, que são quatro porções de frutas e cinco de legumes e verduras, vale fazer uso de um vitamínico para complementar.
E preciso repor os micronutrientes essenciais diariamente, já que um organismo saudável precisa do combustível vital a fim de manter as células bem nutridas. Afinal de contas, é quase impossível evitar situações de stress no mundo moderno. Por isso, para manter um estilo de vida adequado, é tão importante adaptar as atividades que demandam desgaste compensando seu organismo e suplementando-se, quando necessário. Uma boa dica é usar CENTRUM, que não engorda, pois não tem calorias nem abre o apetite.

Dicas de Saúde:

Ferro e Vitamina B1 ajudam a manter o pique. A B1 também pode melhorar o humor.

Zinco e a Vitamina C são fundamentais para o fortalecimento do sistema imunológico e minimizar os sintomas de gripes e resfriados.

Doses adequadas das vitaminas do grupo B são muito importantes. A B2 reduz a freqüência e gravidade de enxaquecas. A B3 pode diminuir os sintomas da depressão. A B5 auxilia no combate aos sintomas da fadiga crônica, das enxaquecas. E a B6 alivia a insônia, além de também ajudar no combate à depressão.

20 de maio de 2013

Problema de tireóide

Seu corpo em sintonia.

Na hora de pensar em cada reportagem deste site o que a gente mais considera são as suas necessidades e as de ninguém mais o que pode passar pela sua cabeça? Quais seriam suas principais dúvidas? E que informações, efetivamente, podem ajudá-lo a compreender o seu organismo, já que o autoconhecimento é um ingrediente fundamental da vida equilibrada?

Um livro lançado estampado na capa deve seguir o mesmo princípio: atendê-lo. Daí o tema do nosso mais recente lançamento, Decifre Seus Hormônios, escrito com leveza por um dos maiores nomes da endocrinologia do país, o médico Marcello.Todo mundo, afinal, tem um verdadeiro fascínio pela complexa sinfonia das nossas glândulas, sem entender direito, na maioria das vezes, como ela funciona, quem faz o quê  e, o principal, que problemas realmente têm a ver com os benditos hormônios, que sempre estão na boca do povo, muitas vezes acusados injustamente. Espero que você goste de mais esse livro.

Será que todo mundo que engorda tem problema de tireóide? E quem é baixinho teria menos hormônio de crescimento? Homens com pouca libido teriam alguma deficiência hormonal? Nosso novo livro responde a dúvidas assim. E fala do papel das glândulas na fertilidade, no diabete, na hipertensão, na depressão e na ansiedade, entre outras situações. Você já pode encontrá-lo nas bancas e nas principais livrarias.

Um abraço,