12 de abril de 2011

Tamarindus indica

TAMARINDEIRO.
(Tamarindus indica, L.). Família das Leguminosas. Árvore ou arbusto, originário da África, com flores grandes em espigas amareladas. O fruto é uma vagem comprida, com cerca de 12cm, contendo no centro da polpa três ou quatro sementes vermelhas. A polpa é empregada em Medicina como laxativo. “A polpa se desfaz na boca; dissolvida em água e com açúcar é um sublime refresco e medicinal. Além de agradável tem efeitos terapêuticos, tais como nas febres biliosas, nas congestões hemorroidárias e nas diarréias, quando são promovidas por irritação biliosa. De acordo com Valquelin, a polpa é composta de tartarato, ácido de potássio, ácidos cítrico e málico, açúcar, goma, geléia e água. No comércio encontra-se a polpa em latas, mas desconfiar dela… Os árabes chamam andeli aos frutos e a polpa vem ao mercado com o nome de polpa de tamarindo.” (Eurico Teixeira da Fonseca.) Segundo Valquelin, eis o resultado da análise do fruto: água, 27,55; glicose, 12,50; ácido cítrico, 9,40; ácido tartárico, 1,55; ácido málico, 0,45; matéria feculenta, 4,70; parenquima, 34,55; gelatina vegetal, 6,25; bitartarato de potássio, 3,25.