19 de fevereiro de 2011

Erva parietaria

PARIETÁRIA (Parietaria officinalis, L.).
A parietária é uma pequena planta verde, de folhas alongadas e flores verdes. Pertence à famflia das Urticáceas e cresce sobre os muros velhos, de onde deriva o seu nome. Parece-se um pouco com a urtigabrava, mas não é picante e as suas folhas não são denteadas. E desde longa data conhecida como diurética. Chamam-na também de alfavaca, saxifrágia, erva-de-nossa-senhora, erva-de-vi-dro, vitríolo, sendo que, por estes últimos três nomes, é mais conhecida na França. Floresce de julho a outubro e pode ser colhida durante todo o verão. Contém azotato de potassa, muci-lagem e enxofre. Sua infusão tem efeitos diuréticos e é refres-cante e emoliente. A tisana é preparada com 30g da planta para cada litro de água e se toma em copo grande, várias vezes ao dia. Alguns autores recomendam o pó da parietária incorporado ao mel para o tratamento da asma e da tísica pulmonar. Aplica-se também em uso externo. Cozida com banha de porco e aplica-se quente sobre a garganta, ela cura a angina. Obtém-se excelente ungüento contra as queimaduras e as contusões, para o que se cozinha um punhado de folhas da parietária, até a consistência necessária, num vaso vitrificado, juntamente com 20g de farelo e de farinha de favas, 15g de água de malva e um vidro de óleo e vinho.