3 de fevereiro de 2011

Olmos

Os livros de receitas vegetais recentes apenas citam o olmo. Entertanto há diversos autores que o recomendam como diurético, sudorífero e depurativo. O óleo da planta, com a fórmula seguinte, é indicado contra o eczema: 30g de casca triturada em lOOg de óleo de amêndoa doce. Colocar em banho–maria e deixar ferver durante uma hora ou duas; deixar ainda algumas horas a esfriar. A seiva do ulmeiro contém carbonato de cal e acetato de potassa. Diz-se que o fruto do ulmeiro serve como substituto do lúpulo ou lúparo na fabricação da cerveja, devido à sua propriedade amarga e aromática.

Filed under: Arvore ornamental,Olmo — admin @ 22:46 Tags:

2 de fevereiro de 2011

Arvore olmo

OLMO (Ulmus campestris, L.).
Família das Ulmáceas. O olmo, ulmeiro ou ulmo é uma bela árvore. Possui folhas ovais e denteadas, mais ou menos grandes, segundo as espécies. Tais folhas são muito apreciadas pelos animais domésticos, sobretudo as cabras, os colhos e os carneiros. A madeira é dura e produz bastante calor, quase tanto como a do carvalho, sendo muito usada também na carpintaria, na marcenaria e na construção de carros e carroças. Com exceção da madeira, todas as demais partes do olmo possuem virtudes medicinais. A casca, recolhida no mês que marca o fim do inverno, é adstringente, diurética e tônica, sendo também sudorífera. As folhas são depu-rativas e têm emprego contra a gota e o reumatismo. O Dr. Leclerc a indica como tisana contra os dermatoses, à razão de 128g de casca média de olmeiro de dois anos, que se faz cozinhar em dois litros de água até reduzi-la à metade. Ministrar ao doente 250g do resíduo por dia, em várias vezes, pela manhã e à noite.

Filed under: Arvore ornamental,Olmo — admin @ 22:18 Tags: