10 de dezembro de 2010

O que é liquen

LIQUEN DA ISLÂNDIA:
Planta criptogâmica do grupo dos líquens, assim como o seu nome o indica, isto é, uma simbiose entre a alga e o cogumelo. Esta espécie de líquen, assim como o líquen pulmonar, tem virtude béquica, mas contém igualmente um princípio amargo que o torna antivomitivo. Encerra 70% de glúcide, um gliconato, a liquenina e um princípio amargo, a “depsidone”, que se chamava antigamente “ci-tralin”. Este é o princípio que permite ao líquen o seu emprego como antivomitivo, que se prescreve geralmente sob a forma de tintura alcoólica de líquen na dose de 50 a 60 gotas por dia. O medicamento é apresentado também como decocção, na base de 10 por 1.000, para o que deve a planta ser submetida primeiramente a uma fervura, despejando-se fora o líquido resultante que encerra o princípio amargo. Em seguida lava-se o líquen em água fria, levando-o novamente ao fogo para ferver durante meia hora. Passa-se e adoça-se o líquido produzido, com açúcar ou xarope. O medicamento assim preparado é usado contra a tosse, sendo, portanto, um béquico.