18 de outubro de 2010

Planta medicinal espinheiro

ESPINHEIRO (Craíeogus oxyacantha, L.).
Família das Rutáceas. O espinheiro é um pequeno arbusto que floresce na primavera, embalsama os campos com as suas flores de cor branca de numerosos estames, algumas vezes vermelhos. Na Europa usa-se muito o espinheiro, seja em seu estado natural ou sob a forma de cataegol, nome pelo qual é conhecido na França o extrato que dela se faz. Empregam-se tanto as flores e as folhas como, também, às vezes, os frutos vermelhos que têm sabor quase insípido. Cresce por toda parte, mas prefere os solos frescos, argilosos e ricos. Seus espinhos formam cercas impenetráveis. A casca dos ramos novos é empregada como fcbrífugo, devendo estes ser colhidos em meados de agosto. Os frutos secos servem para o preparo de uma tisana adstringente muito útil contra a diarréia. A planta é antispasmódica, regulariza as batidas do coração, reduz a excitabilidade do sistema nervoso. A flor é tonificante do coração, usada na dose de lOg por 1.000. As suas bagas são úteis contra a dor de garganta comum, na proporção de 10 por 10.000.