11 de julho de 2010

Sophora tomentosa

Sophora tomentosa:
É planta altamente medicinal, diurética, sudorífera, pur-gativa e febrífuga, cm doses mínimas; mais recomendável contra as febres biliosas e as doenças venéreas; as sementes são eme-tocatárticas, de uso perigoso, porquanto encerram um alcalóide análogo à “citisina” e que se julga muito venenoso, parecendo certo que antigamente foram usadas no Brasil para a matança de cães vadios que perambulavam pelas ruas. Em Madagascar elas entram diaramente na alimentação do gado c, nas Antilhas, são muito aceitas pelos pombos. Contém matéria azotada, água, cinzas. É também ornamental c muito apreciada na Índia, onde é cultivada até nos parques e jardins. É muito comum ao longo de toda a costa brasileira. É conhecida pelo nome de cambuí–da-restinga, e feijão-da-praia.

10 de julho de 2010

Comandaiba

COMANDAIBA
(Sophora tomentosa, L.). Família das Lcguminosas. Arbusto regular de 3m, raramente árvore pequena, até lOm; ramos cilíndricos e direitos, densamente argênteo-to-mentosos; folhas alternas, pecioladas, imparipinadas ou pinati-partidas, de 10-20cm compostas de 11-15-17-19 folíolos opostos ou alternos em parte, quase sésseis, ovais ou oval-elípticos, obtusos no ápice e arredondados na base, até 5cm de comprimento, crasso-coriáceos, revolutos nas margens, verdes e quase glabros na página superior e denso-tomentoso-brancacentos na página inferior; flores amarclo-enxofre ou brancacento-amare-ladas, dispostas cm racimos terminais ou axilares, simples ramificados, de 20cm, frouxos, 12-30 flores; o fruto é uma vagem, longa-pedunculada, pêndula, primeiro pubescente e depois gla-bra, de 5-15cm de comprimento, lenhosa, coriácea, com 5-8 contrações ou artículos entre as sementes, que são de cor castanha.