31 de janeiro de 2010

Propriedades da catuaba

Propriedades da catuaba

Propriedades da catuaba.
É planta ornamental de grande efeito. Suas virtudes medicinais são comprovadas e é usada como estimulante, ótimo peitoral, anti-sifilítica e também afrodisíaca. Seu grande habitai é São Paulo, Minas Gerais, (Joiás e Mato Grosso. Há também outras variedades como a angustifolia, glabra, cujos ramos são glabros e folíolos linear-oblongos; a nanceaefolis, latijolia, cujos ramos são pubescentes, aveludados e folíolos linear-oblongos; a petiolata, de folhas longo-pecioladas e folíolos estreito-lanceo-lados, obtusos; a pubertula, de ramos pubescentes e folhas oblon-gas, obtusíssimas; sessilijolia (A. acutilolium, DC., A. sessili-folium, M.); e a verticillala, de folhas sésseis e folíolos estreitíssimos, reticulados, glabros.

30 de janeiro de 2010

Catuaba propriedades

Catuaba propriedades

CATUABA VERDADEIRA
(Anemopaegma mirandum, DC). Família das Bignoniáceas. Por se tratar de planta essencialmente medicinal, de largo emprego na terapêutica, vamos estudá-la. É um arbusto de rizoma lenhoso, branco e duro, medindo até 15mm de diâmetro; seu caule quadrangular ou sub-cilíndrico, pubescente ou aveludado, medindo até 40m de altura. Suas folhas são compostas, 3-folíolas, sésseis, folíolos (6-8) estreito-lineares ou linear-oblongos, agudos ou obtusos, estreitos na base e com as margens revolutas, ásperos e glabros; suas flores axilares, solitárias, grandes, pedunculadas, de corola infun-dibiliforme, amarelas com fauce branca ou sulfúrea; seu fruto é uma cápsula ocrácea, acuminada na base, valvas lenhosas e espessas, até 8cm de comprimento; suas sementes elípticas com ala hialina.

28 de janeiro de 2010

Catuaba efeitos

Catuaba efeitos

Catuaba efeitos.
Outra espécie, a catuaba-do-mato, Ilex conocarpa reiss, da família das Aqüi-foliáceas, é um arbusto ou árvore, com ramos ligeiramente sul-cado-pubescentes, com folhas pecioladas, até 8cm de comprimento, serradas, com pontos escuros na parte superior. Esta espécie é muito útil quanto ao aspecto terapêutico, pois é melí-fera, e suas folhas são tônicas, diuréticas e estomáquicas, substituindo até mesmo a erva-mate. Contém umidade, celulose, substâncias albuminóides, gomosas, sais inorgânicos, matéria extrativa, sacarina, ácido resinoso, ácido mate-tânico, cafeína pura, resina mole è princípio amargo. Fornece também material para o fabrico de tinta preta. Vegeta nos Estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

26 de janeiro de 2010

Selvagem catuaba

Selvagem catuaba

Suas flores de 4 estames e seu fruto, cápsula de 8mm de diâmetro. Subdivide-se em várias outras espécies como a brasiliensis (Cicca brasiliensis, Baill), guyanensis e Riedelianus, que têm propriedades tônicas, são estimulantes e até afrodisía-cas. Existem, muitas outras espécies de Catuaba, mas ao que parece não contêm propriedades tônicas, são estimulantes e até afrodisíacas. Existem muitas outras espécies de Catuaba, mas ao que parece não contêm propriedades terapêuticas, especialmente as que vegetam nas Antilhas, na América Central e no México. Conhecida também por pau-de-resposta.

25 de janeiro de 2010

Catuaba selvagem

Catuaba selvagem

Catuaba selvagem.
Seu fruto é uma cápsula elíptica, obtusa, plana, amarela, medindo até lOcm de comprimento e 6cm de largura. É medicinal, sendo eficaz no combate à sífilis. Vegeta em Minas Gerais e na Bahia. Suas sementes são elípticas e medem 5cm de comprimento e 4cm de largura. A espécie Phu-lanthus nobilis, Muell. Arg., da família das Euforbiáceas, é um arbusto ou árvore de 4 até 20m de altura, com folhas curto-pecioladas, lanceolados, oblongas ou oblongo-elípticas, agudas ou acuminadas, até 14cm de comprimento, estipulas inteiras e glabras.

24 de janeiro de 2010

Catuaba

Catuaba

CATUABA
(Anemopaegma glaucum, M.). Famíla das Bignoniáceas. Conhecidíssima, a Catuaba apresenta 3 ou 4 espécies. Seu nome significa “folha” ou “árvore boa”. A primeira espécie: Anemopaigma glaucum, M. É um arbusto ereto, ramoso, glabro, com folhas longo-pecioladas, ternadas, sendo as inferiores às vezes conjugadas, com folíolos oblongo-lanceolados ou espatulados, obtusos ou mucronados no ápice, estreitos na base, até 12cm de comprimento, densamente glandulosos, rígidos, coriáceos, 3-nervados, concolores, raramente pubescentes e glabros; suas flores são campanuladas, de 6cm ou mais, dispostas em racimos.