5 de janeiro de 2010

Cássida

Cássida

Cássida.
A infusão da folha da cássida, que é muito perfumada, possui propriedades digestivas comprovadas. As folhas de cássida, maceradas em mistura com vinho branco, levemente açucarado, constituem aperitivo e tônico a ser tomado antes das refeições. A cássida ainda serve para o fabrico de um licor especial, produzido pelos vinhateiros da França e da Espanha, mas que se pode imitar em casa. A receita mais conhecida consiste cm macerar frutos de cássida e aguardente, com iguais pesos, acrescentando-se a seguir aguardente de cássida e açúcar, e está pronto o licor. O pão embebido em tal licor é um alimento delicioso, porém embriaga facilmente.

4 de janeiro de 2010

Cassida

Cassida

CASSIDA (Ribes nigrum, L.).
A cássida é um pequeno arbusto cultivado em muitos jardins. Pertence à família das Grosclheiras (Ribesiáceas). Suas folhas são recortadas; seus frutos em cachos negros são muito conhecidos. As folhas têm propriedades diuréticas e ação anti-rcumática; o fruto é alimentício, rico em vitaminas C e D. As folhas da cássida são empregadas sob a forma de infusão a 5% (meio litro por dia) ou sob a forma de extrato fluido (uma colher de café antes das principais refeições). Contra o reumatismo crônico recomenda-se uma combinação de plantas, considerada bastante eficaz: lOOg de folhas de cássida, 50g de folhas de freixo e 50g de flores de barba-de-bode. Adiciona-se uma colher de sopa da beberagem assim preparada numa xícara de água fervente, sendo essa a dose recomendada.