7 de dezembro de 2009

Tipos de variedades

Tipos de variedades

Há a variedade gaudichaudiana (B. gaudichaudiana DC, B. díptera, Sgultz-Bip.), de alas mais largas. Vegeta de preferencia nos campos secos, mesmo pedregosos, onde constituí um elemento característico pela sua abundancia, sendo que se desenvolve perfeitamente até mesmo nos gramados e nos curráis, sob o piso constante dos animáis (Lindman). Sua maior producáo no Brasil registra-se nos Estados de Sao Paulo e Rio Grande do Sul. Alias, no Rio Grande do Sul é conhecida como Carquejinha.

6 de dezembro de 2009

Cha carqueja

cha carqueja

Esta especie, e provavelmente outras do mesmo género, cortada em pedacos e estes logo enterrados, constituí bom adubo para certas plantas que exigem térra úmida. Como já assinalamos para a B. genistelloides, Pers., a populacáo rural argentina acredita igualmente na eficacia desta especie contra a impotencia sexual do homem e a esterilidade da mulher.

5 de dezembro de 2009

Caracteristicas planta

Caracteristicas planta

É planta um pouco resinosa, amarga e digestiva, rica em saponina e reputada tónica, febrífuga, diurética, útil na cura das dispepsias atónicas, da debilidade orgánica e da mesma, sendo que se lhe atribuí a mais benéfica acáo quando, em 1849, o cólera morbo invadiu o Brasil. Passa por ser sucedánea da losna (Artemisia absirühium, L.), entra na fórmula da “água-inglesa” do Hospital de Misericordia do Rio de Janeiro e também é utilizada na medicina veterinaria para combater a diarréia do gado.

4 de dezembro de 2009

Carqueja doce

Carqueja doce

CARQUEJA DOCE
(Baccharis articúlala, Pers.). Familia das Compostas. Subarbusto  ramosíssimo, ramos lenhosos, articulados, bialados, sendo as alas rígidas, planas, de 25mm, ininterruptas e as vezes viscosas, glabras, folhas rudimentares quase nulas, capítulos de flores brancas, insignificantes (amareladas nos individuos masculinos), dispostos em espigas densas; fruto pequenino, glabro.

Filed under: Carqueja,Plantas medicinais — admin @ 16:02 Tags:,

3 de dezembro de 2009

Suas propriedades

Suas propriedades

É planta tónica, eupéptica e febrífuga, sendo empregada também como substituía do lúpulo na fabricacáo da cerveja. Contém também o glicosido “carquejina”. Dá em grande escala no Estado de Sao Paulo, sendo que sua producáo é tanta que, ñas rúas onde nao existe conservacáo, ela é encontrada com abundancia.

2 de dezembro de 2009

Especies nativas

Especies nativas

Esta especie é comum no Rio Grande do Sul. É um arbusto ereto, muito ramoso, até 85cm de altura. Outra especie de que falaremos é a B. stenocephala, Baker. Trata-se de um subarbusto ereto, muito ramoso, glabro, medindo até 50cm de altura, ramos 2-3 alados, alas planas, rígidas, glabras, até 12cm de comprimento e 6mm de largura; folhas rudimentares, flores amarelas, dispostas em capítulos e estes também, por sua vez, formando espigas na extremidade dos ramos; seu fruto é linear-oblongo, papo avermelhado.

1 de dezembro de 2009

Propriedades medicinais

Propriedades medicinais

É utilizada na cura de úlceras de toda especie. Há também a variedade punctígera (B. punctigera, DC), de folhas castanho-pubesecntes na página inferior. Vegeta especialmente ñas margens dos rios e dos lagos. Os Estados do Brasil, onde é grande sua producáo, sao a Bahia até o Rio Grande do Sul, incluindo Minas Gerais. A outra especie B. notosergilla, Griseb, também medicinal, é antidiarréica e muito útil para combater a congestáo do fígado. Consta que também é utilizada contra o reumatismo muscular e também na forma de banhos, para os leprosos.

30 de novembro de 2009

Carqueja

carqueja

CARQUEJA
Há mais de 10 especies desta planta, sendo que algumas sao altamente medicináis. Dentre as ¡numeras especies de carqueja, destacamos a B. lundii, DC. (B. collina, Chry-socoma sancta, Vell.), que é urna planta esparso-ramosa, medindo até 150cm de altura, com os ramos cilindricos e glabros, angulosos na parte superior, tendo suas folhas ascendentes, pecioladas, ovais-agudas, 3-nervadas, serradas, dentes numerosos c juntos, inteiras na base até 8cm de comprimento e 4cm de largura, glabras ñas duas páginas, suas flores 20-30, sao brancacentas, unidas em capítulos e estes por sua vez, dispostos em panículas densas, foliosas apenas na base; seu fruto de lmm é escuro, glabro.

Filed under: Carqueja,Plantas medicinais — admin @ 15:33 Tags:, ,