4 de maio de 2009

Acônito

aconito

ACÔNITO

(Aconitum napellus L.). Família das Ranun-culáceas. Erva originária da Europa.
O fruto é composto de três cápsulas. E a raiz, enquanto verde, é muito venenosa, pois contém um acalóide violento (aconitina), bastante usado na medicina.
“A energia deste poderoso veneno é tal que o simples contado com a pele produz manifestações externas e internas seriamente incômodas, podendo causar a morte.
Parece agir como o nosso curare; e, em verdade, serviu aos gauleses c germanos para envenenarem as pontas de suas flexas… As folhas, também enquanto verdes, encerram mais ou menos os mesmos princípios, mas não tão ativos, e pela cultura acabam tornando-se inofensivas e, até segundo testemunhas autorizadas, entram alhures na alimentação humana; daí uma irregularidade tão grande ao título da aconitina, que a respectiva alcoolatura vai ser agora eliminada do Codex francês.
O acônito fornece, pois, um dos medicamentos mais importantes da atualidade, empregado nas nevralgias faciais e de qualquer outra natureza, palpitações nervosas, hipertrofia do coração, asma dinâmica e numerosas outras afecções em que se torna necessária uma ação depressiva sobre o coração ou sobre o aparelho respiratório.”

Filed under: Acônito,Plantas medicinais — admin @ 17:11 Tags:, ,