7 de dezembro de 2012

Uma alimentação saudavel

Alimentação.

A alimentação saudável, rica em frutas, verduras, legumes e cereais com fibras fornece vitaminas e minerais necessários à boa nutrição durante a infância e juventude. Quando atingimos a terceira idade, a quantidade de mi-cronutrientes oferecida pela alimentação no dia-a-dia não é suficiente para desencadear uma ação antioxidante contra os radicais livres. Neste aspecto, é preciso também que consideremos tanto as dificuldades rotineiras do homem moderno nas grandes metrópoles, quanto o trajeto do alimento desde sua produção até seu consumo.

A perda de nutrientes nos alimentos é assustadora, principalmente se considerarmos os alimentos industrializados (perda por cozimento, processos de esterilização, adição de corantes e conservantes). Os vegetais in natura começam a perder os micronutrientes no momento em que são colhidos, quando se interrompe a oxigenação e alimentação das estruturas interiores. Além da interferência das condições de transporte e armazenagem, os teores dè minerais variam significantemente com o tipo de solo para o plantio, com a adubação e tratamento químico empregados. Por exemplo, a perda de vitamina C nas maçãs após 2 a 3 meses de sua colheita chega a dois terços; as batatas podem conter até 30mg de vitamina C por lOOg quando frescas e colhidas em época apropriada, no entanto, o produto normalmente consumido não encerra mais do que 8mg% da vitamina C. Em resumo, concluímos que na prática a maioria das pessoas não consegue manter uma rotina alimentar saudável e equilibrada, daí a necessidade de complementar a alimentação com vitaminas e minerais.

Filed under: Abc da saúde — admin @ 15:55 Tags:,

5 de dezembro de 2012

Queres ficar são?

Desejo saudável.

Algo maís que a ciência não díz sobre a cura.
“Queres ficar são?” (S. João 5:6) Essa pergunta parece ingênua e óbvia. Mas será? Havia um homem que estava doente há 38 anos. Semipara-lisado, vivia ao lado de um tanque à espera de ser colocado dentro. Segundo a tradição, de vez em quando a água se movia misteriosamente e o enfermo que primeiro entrasse ficaria curado.
Imagine esperar por uma cura esse tempo todo! Os que ali estavam queriam a própria cura, e como é que iriam ceder lugar para aquele pobre homem? Quem daria a vez e o colocaria dentro do tanque, assim que a água se movesse?
Mas ele continuava ali. Até que um dia Alguém chegou perto e perguntou: “Você quer ficar curado?” Pergunta aparentemente idiota para quem espera com ansiedade a cura.

Essa pergunta feita por Jesus é e sempre será sábia. Porque para obter a cura verdadeira se precisa, em primeiro lugar, desejá-la. E fundamental compreender que há uma diferença entre querer a cura e querer o alívio dos sintomas. Cura verdadeira envolve modificação no estilo de viver, na forma de pensar e de se relacionar com as pessoas. Implica numa possível mudança de valores e hábitos alimentares. Tem a ver também com um programa de exercícios físicos ao ar livre.
Você precisa sentir a necessidade de ter saúde. E tal necessidade tem de ser saudável. Veja o exemplo de uma pessoa que fuma cigarros. Ela tem prazer nisso. Eu também fui fumante de cigarros por cerca de 8 anos, infelizmente. Então, posso falar do que eu experimentei em meu corpo e mente. Eu gostava de fumar.
Aquilo me dava prazer mesmo. Na época em que fumava estava estudando Medicina e fui aprendendo como o fumo arrebenta com a saúde. Mas o desejo continuava, o prazer de fumar era real, apesar das informações sobre seus malefícios. Eu queria saúde? Sim e não.

Queria não contrair os malefícios do fumo, mas queria continuar com o prazer de fumar. Teria que se produzir em mim, em meu interior, uma outra necessidade diferente daquela que eu experimentava. Havia a necessidade, a qual posso chamar de necessidade doentia, de experimentar aquele prazer. Sendo honesto comigo, poderia dizer para mim mesmo que não mais desejaria fumar porque estava recebendo tantas informações sobre os males do fumo? Pela minha boca, usando as palavras, eu dizia: “Quero saúde.” Mas em meu íntimo havia outra necessidade, a necessidade doentia, o prazer por algo que mata. Jesus então, ou qualquer outro médico, poderia acertadamente me perguntar, como fez com aquele homem na beira do tanque: “Você quer ficar bom?!
De que uma pessoa precisa ficar boa para ter saúde? Não basta querer ficar livre dos sintomas. Libertar a pessoa dos sintomas é o que a medicina convencional faz com medicamentos, técnicas, equipamentos, cada vez maís sofisticados, mas sempre limitados, os quais são necessários em seu devido lugar e momento.
Para se conseguir saúde é necessário existir o desejo, a necessidade profunda de obter saúde, e não apenas querer se ver livre de um sintoma que incomoda. Por isso, o maior médico, Jesus, perguntou àquele homem se ele queria ficar são.

No exemplo do fumar, somente foi possível para mim vencer esse vício que mata, quando existiu em meu interior o milagre de reconhecer que pela palavra (exterior) eu dizia: “Quero saúde. Não quero mais fumar!”, enquanto que em meu corpo e mente (interior) havia outra necessidade: “Fumar me dá prazer e por isso não quero parar.” A partir daí, reconheci que havia uma necessidade de não saúde em mim, chamada de “prazer de fumar”.
Externamente eu respondia com um “sim” à pergunta sobre se queria saúde; mas interiormente a resposta era “não” por causa do prazer.
Para obtermos a saúde verdadeira precisamos passar a sentir a necessidade saudável em nosso interior. Isso a medicina convencional não pode fazer por ninguém e nem é o papel dela. Precisamos do milagre em nosso interior, ou seja, passar a desejar aquilo que é saudável ainda que uma outra parte nossa nos puxe para o “prazer que adoece”.
Em algum momento, ou em vários, acabamos nos defrontando com a pergunta de Jesus: “Você quer ficar curado?” Para termos vida e saúde verdadeiras está em jogo nossa resposta à essa pergunta.

Filed under: Abc da saúde — admin @ 15:54 Tags:,

22 de novembro de 2012

Mulher de fases

Uma combinação de ingredientes nutricionais, como flavonóides da soja, aminoácidos e fibras e um grupo específico de vitaminas e minerais que participam de processos importantes no metabolismo feminino, pode ser encontrada no Results Soy Fases, produto desenvolvido pela Nutrilatina e distribuído pelas revendedoras Avon. Vendido em embalagens de 500 gramas, nos sabores de baunilha e frutas vermelhas, o suplemento auxilia no combate à tensão pré-menstrual, à prisão de vente, ao envelhecimento precoce e aos sintomas da menopausa. O preço é R$ 49,99 e o produto rende um mês.

Filed under: Abc da saúde — admin @ 19:40 Tags:,

20 de novembro de 2012

Pratos exóticos

Imagine um jantar com delícias da culinária da África, do Egito, da Turquia e dos Emirados Árabes. O livro Oriente Médico, África e Indico – Larousse Cozinha do Mundo (Editora Larousse do Brasil) traz cerca de 150 receitas de pratos típicos desses e de outros países, com direito a sugestão da bebida que melhor acompanha. No final de cada receita, a consultora e especialista em produções gastronômicas, Adriana Baretto Figueiredo, dá conselhos que permitem adaptar ingredientes exóticos e escolher acompanhamentos ou misturar sabores.

Filed under: Abc da saúde — admin @ 19:38 Tags:,

18 de novembro de 2012

Boa comida e dentes saudáveis

A prevenção de irritações, lesões, gengivites, cáries e até mesmo câncer bucal pode ser iniciada escolhendo corretamente os alimentos. Em vez de ingerir uma barra de chocolate – o açúcar causa cárie – que tal comer uma cenoura ou maçã? “Além de ser mais saudável e ajudar a manter a forma, o ato de mastigar os alimentos mais fibrosos ajuda a fortalecer a musculatura da face, prevenindo doenças periodontais”, diz o dentista Luciano Dib, de São Paulo. Boca saudável não se refere somente aos dentes, por isso, alimentos ricos em vitamina A, C e E, como tomate, cenoura, mamão e frutas cítricas em geral, são importantes para proteção da mucosa natural da boca. A saúde dos dentes e da boca é o tema principal do 24o. Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo, que acontece no final deste mês.

Filed under: Abc da saúde — admin @ 19:34 Tags:,

16 de novembro de 2012

Intolerância à lactose

Cerca de 58 milhões de brasileiros têm algum grau de intolerância à lactose, tipo de açúcar presente no leite. O problema é resultado de uma disfunção orgânica que causa deficiência ou ausência da produção de uma enzima intestinal, chamada lactase. “A lactose chega intacta ao intestino grosso, onde entra em contato com uma série de bactérias e se transforma em ácido lático”, explica Durval Ribas Filho, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia. Isso desencadeia eólicas e diarréia, entre outros sintomas. A alternativa para quem tem intolerância à lactose é consumir bebidas à base de soja, ricas em proteína vegetal.

13 de novembro de 2012

Dicas de saúde e qualidade de vida

De olho no rótulo.
Existe no mercado vários alimentos que apresentam em sua composição ingredientes com ação funcional. Porém, muitos trazem um conteúdo insignificante do ativo, não trazendo benefício algum para a saúde do consumidor. As pessoas devem ficar atentas aos rótulos e questionar a indústria quando tiverem dúvidas em relação à quantidade de vitaminas, minerais e outros ingredientes oferecidos.

Filed under: Abc da saúde — admin @ 22:44 Tags:,

11 de novembro de 2012

Qual o beneficio da soja

Soja.
Quanto consumir:
2 xícaras de chá por dia Encontrada em vários alimentos como farinha, óleo, leite, coalhada, concentrado de proteínas (carne de soja) ou tofu (queijo de soja), a soja contém mais proteínas e ferro que a carne de vaca, mais cálcio que o leite de vaca e mais lecitina que os ovos. Além disso, também é uma boa fonte de vitaminas do complexo B, potássio, zinco e outros minerais. Portanto, a soja não é considerada somente um alimento de alta qualidade protéíca, mas um alimento que pode prevenir doenças cardiovasculares, câncer, osteoporose. Recentemente descobriu-se que a soja alivia os sintomas da menopau-sa, já que um dos seus componentes, a isoflavona, é um potente fitoestrógeno.

9 de novembro de 2012

Beneficios dos vegetais

Vegetais.
Quanto consumir:
1 prato por dia de vegetais variados Repolho, brócolis, couve, couve-flor, couve-de-bruxelas são chamados de vegetais crucíferos. Além de serem ricos em vitaminas, minerais e fibras, esses vegetais contêm glicosinolatos, que ajudam a prevenir desde a depressão até alguns casos de câncer. Sem falar c grande quantidade de fibr presentes nesses alimentos importante para o bom funcionamento do intestino.

7 de novembro de 2012

O modo de preparo dos alimentos

O ponto certo.

O modo de preparo dos alimentos deve ser cuidadoso no sentido de preservar as substâncias com funções benéficas para a saúde. Devemos utilizar métodos de processamento que retenham ao máximo as substâncias ativas, tais como cozimento a vapor, escaldamento, fervura rápida ou microondas. “Além disso, evite picar o alimento em pedaços muito pequenos. Procure cozinhá-lo por inteiro”, orienta Jocelem Salgado.

Filed under: Abc da saúde — admin @ 22:38 Tags:,