31 de janeiro de 2011

Arvore nogueira

NOGUEIRA (Juglans regia, L.).
Família das Juglan-dáceas. A nogueira é uma árvore muito conhecida. Possui folhas compostas penadas. Seus frutos são envoltos em uma casca verde, que se torna preta ou marrom-escuro quando o fruto amadurece, sendo este utilizado na coloração de soalhos. A parte comestível é constituída pela noz, que serve ainda para o fabrico de óleo muito apreciado em algumas regiões. Seu nome, segundo se diz, provém dos romanos, que comparavam a forma de sua amêndoa ao cérebro de Júpiter: Juglans — glande de Júpiter. Conta a lenda que Mitrídate, famoso rei grego, imunizou-se contra venenos mediante o uso de nozes. Durante longo tempo o valor medicinal da nogueira teve caráter de lenda. Como a noz se assemelha aos lóbulos cerebrais, os médicos de outrora viram nesta imagem uma indicação para conjecturar que as nozes deveriam curar as moléstias da cabeça; mas tais inven-cionices não resistiram à obse uação científica. Entretanto, num dos últimos artigos do Dr. Leclerc, na revista de Fitoterapia, a respeito da nogueira, ele afirma que se as esperanças dos antigos médicos eram sem fundamento, a nogueira, no entanto, encerra princípios minerais, uma essência da inosita, da juglona, da ju-glandina e do tanino, com matérias resinosas e pécticas. Este com plexo químico confere às partes verdes do fruto da nogueira inegáveis efeitos fármaco-dinâmicos. É sobretudo ao tanino que deve a eficácia que lhe é reconhecida.

Filed under: Nogueira,Plantas medicinais — admin @ 21:51 Tags:

Nenhum comentário »

Nenhum comentário.

Feed RSS dos comentários deste post TrackBack URI

Deixe um comentário

Você precisa fazer o logged in para publicar um comentário. .